Prefeitura promove diversas atividades para celebrar Dia da Luta Antimanicomial

 

A Prefeitura de Itabira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), promove diversas atividades para celebrar o Dia da Luta Antimanicomial. A programação teve início na quarta-feira (3) e será encerrada na quinta-feira (18) – data que marca, em todo o país, a batalha por tratamentos mais adequados e humanizados aos pacientes da saúde mental.

Confira a programação:

03/05 – Quarta-feira

Dia da Beleza em parceria com o Instituto Embelleze

Local: Centro de Convivência do bairro João XXIII

Horário: 14 horas

 

04/05 – Quinta-feira

Dia da Beleza em parceria com Instituto Embelleze

Local: Centro de Atenção Psicossocial (Caps) – Bairro Campestre

Horário: 13h30

 

08/05 – Segunda-feira

Sessão de filme: Nise – O Coração da Loucura

Local: Câmara Municipal de Itabira

Horário: 14 horas

 

09/05 – Terça-feira

Dia da Beleza em parceria com o Instituto Embelleze

Local: Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (Capsi) – Vila Paciência

Horário: 13h30

 

Exposição dos trabalhos manuais confeccionados

 

Exposição dos trabalhos manuais confeccionados pelos usuários da Saúde Mental de Itabira

Local: Seminário – Cultura, Meio Ambiente e Sociedade – Funcesi

Horário: 19 horas

 

16/05 – Terça-feira

Dia da Beleza em parceria com Instituto Embelleze

Local: Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Capsad) – Bairro Penha

Horário: 13h30

 

17/05 – Quarta-feira

Palestra: Atribuições da Equipe de Enfermagem na Permanência nos Caps

Palestrante: Walkíria dos Santos – Enfermeira do Conselho Regional de Enfermagem (Coren) de Minas Gerais

Local: a definir

Horário: 13 horas às 15h30

18/05 – Quinta-feira (Dia D da programação)

Ação: Um Trato Pelos Bons Tratos

Local: Praça Acrísio

Horário: a partir das 13 horas

Saiba mais

Durante as atividades da semana de Vacinação pelos Bons Tratos, também será abordado o Dia da Luta Antimanicomial (18 de maio). A data foi instaurada em 1987 e busca questionar as relações de estigma e exclusão que se estabeleceram para as pessoas que vivem e convivem com os “transtornos mentais”, além de propor mudanças no cenário da Atenção à Saúde Mental.

O Dia Nacional da Luta Antimanicomial foi instituído após profissionais da saúde mental, cansados do tratamento desumano e cruel dado a usu��rios do sistema de saúde mental, organizarem o primeiro manifesto público a favor da extinção dos manicômios durante o II Congresso Nacional de Trabalhadores da Saúde Mental realizado em 1987, na cidade de Bauru/SP. Naquela manifestação, nasceu o Movimento Antimanicomial.