Reunião no Ministério da Saúde confirma instalação de radioterapia no HNSD

O Governo Federal confirmou na quarta-feira, 14 de março, a instalação de uma unidade de radioterapia no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD). A decisão foi informada ao provedor da instituição itabirana, Vaquimar José Vaz, durante reunião realizada em Brasília. O encontro contou com a participação dos ministros da Saúde, Ricardo Barros (PP), da Secretaria de Governo, Carlos Marun (MDB), e do deputado federal Mauro Lopes (MDB).

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para instalar a radioterapia em Itabira, o Ministério da Saúde, por meio do Plano de Expansão daRadioterapianoSUS, irá investir R$ 10 milhões aproximadamente. Esse recurso será usado para comprar um acelerador linear e construir a casa mata e a área clínica necessária para a prestação do serviço, que será ofertado por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). O HNSD não precisará fazer investimentos para contar com o serviço.

“Tivemos bons resultados na reunião em Brasília e voltamos com boas expectativas de expansão e criação de serviços em alta complexidade. Inclusive, o HNSD foi contemplado com investimentos do Ministério da Saúde para a criação do serviço de radioterapia. Isso demonstra a confiança do Governo Federal na capacidade física-estrutural e assistencial do nosso hospital”, destaca Vaquimar Vaz.

Com a radioterapia, o HNSD se consolida como o principal ponto de tratamento de câncer no Médio-Piracicaba e poderá oferecer tratamento completo em oncologia aos seus pacientes. O novo serviço irá atender as microrregiões de saúde de Itabira, Guanhães e João Monlevade, o que totaliza uma população de até 500 mil pessoas.

Para dar continuidade à implantação do novo serviço, o HNSD terá que definir a área para receber a radioterapia e providenciar as documentações necessárias para a liberação dos recursos.

“Atualmente, o serviço oncológico do HNSD oferece apenas a quimioterapia. Os pacientes que precisam de um tratamento associado de quimioterapia e radioterapia ou apenas da radioterapia tem que ir à Belo Horizonte. Com esse novo serviço, vamos conseguir reter todos os pacientes em Itabira e, assim, não precisarão ir à capital complementar o seu tratamento”, observa Vaquimar Vaz.

Entenda o tratamento

A radioterapia utiliza radiações para destruir ou impedir que as células de um tumor aumentem e pode ser usada em combinação com a quimioterapia ou outros tratamentos para o combate do câncer.

 

comentários