Alunos do Parlamento Jovem visitam Delegacia e Pronto-Socorro

Trabalho de campo

Atividade faz parte das ações do projeto, que este ano trabalha o tema “Violência contra a Mulher”

Estudantes do Parlamento Jovem (PJ) de Itabira iniciaram na última semana um trabalho de campo, com visitas a locais que atendem vítimas de violência doméstica no município. A pesquisa integra uma série de outras atividades, como encontros nas escolas e oficinas semanais, com o objetivo de debater o tema “Violência contra a Mulher”.

No Pronto-Socorro Municipal, os jovens foram recebidos pela gerente da unidade, enfermeira Bruna Barcelos. Eles perguntaram sobre como é feito o atendimento à mulher vítima de violência, se há prioridade e se é feito algum encaminhamento aos serviços públicos.

A gerente informou que existem protocolos a serem seguidos e os dados de atendimentos são enviados à Secretaria Municipal de Saúde. Bruna disse ainda que o Pronto-Socorro orienta as vítimas sobre os serviços disponíveis nas redes de atenção.

Na Delegacia de Polícia Civil, os alunos foram recebidos pelo delegado Dr. Paulo Henrique, que explicou como funcionam os trâmites na unidade policial. Ele ressaltou que os casos de violência contra a mulher são encaminhados à delegada especializada, Dra. Amanda Machado, que já participou de uma oficina do Parlamento Jovem na Câmara Municipal.

Não à violência

O tema “Violência contra a Mulher” vem sendo trabalhado pelos estudantes do PJ desde o lançamento do projeto, em março deste ano. Em agosto, os alunos farão dois encontros regionais: um em Itabira no dia 3, e outro em João Monlevade no dia 14. Todos os estudantes do Polo Metropolitano II se reunirão.

comentários