Heraldo Noronha é eleito presidente da Câmara de Itabira

Chapa venceu por 9 votos a 8 durante sessão especial de votação nesta terça-feira

O vereador Heraldo Noronha Rodrigues (PTB) é o novo presidente da Câmara Municipal de Itabira. Ele venceu a chapa encabeçada pelo atual líder do Governo Carlos Henrique Silva Filho, Carlin (Pode), por 9 votos a 8 e vai comandar o Legislativo no biênio 2019-2020. Compõem a Mesa Diretora ainda Reinaldo Soares Lacerda (PHS), vice-presidente; André Viana Madeira (Pode), 1º secretário; e Weverton Julio de Freitas Limões, Nenzinho (PMN), 2º secretário.

O resultado surpreendeu quem acompanhava as conversas que antecederam a eleição. Heraldo é da base do Governo, mas teve apoio de vereadores da oposição. Em entrevista à imprensa logo após a proclamação do resultado, o presidente eleito afirmou que vai trabalhar em prol de um Legislativo firme e atuante. “A prioridade nossa é unir a Câmara, é trabalhar junto, sem discriminar nenhum vereador. Faremos aquilo que bom para Itabira, bom para o povo itabirano. É disso que precisamos”, disse Heraldo.

Reinaldo Lacerda, vice-presidente eleito, também falou em união. “Digo sempre que na política e no futebol é só aos 45 minutos do segundo tempo que se define resultado. Quando acreditamos em um sonho, buscamos realizá-lo. Somos aquilo que sonhamos ser. Para alcançar a vitória, unimos força e fizemos um grupo coeso, firme, que votou seguro. Vamos trabalhar em prol de um Legislativo forte, com o objetivo de ajudar a população”, declarou Reinaldo.

 

Orçamento

Antes da sessão especial para eleição do novo presidente, a Câmara realizou uma reunião ordinária em que os vereadores aprovaram a Lei Orçamentária Anual do Município para 2019. De acordo com o projeto que estima receita e fixa despesa, a Prefeitura prevê arrecadar R$ 561,5 milhões no ano que vem. Os vereadores André Viana e Agnaldo Vieira Gomes, Enfermeiro (PRTB), apresentaram cinco emendas ao Orçamento, mas devido a detalhes técnicos inconstitucionais, as emendas tiveram pareceres jurídicos contrários e não puderam ser aprovadas.

O Orçamento do Município compreende a Administração Direta, Indireta, Autarquias, Fundação e Fundos. Conforme justificativa do prefeito, a proposta denota um Município que precisa estar em transformação. “Desde o primeiro dia do atual mandato foram adotadas várias medidas de austeridade e de modernização, muitas delas com elevado custo político. No entanto, todos os projetos estiveram focados em construir essa travessia com o menor ônus possível para a sociedade”, diz trecho do texto.

 

Combate ao bullying

Os vereadores aprovaram também um projeto do vereador Paulo Soares de Souza (PRB) que institui em Itabira o “Março Laranja”. O mês será dedicado a combater o bullying nas escolas, problema grave que precisa ser erradicado, na visão do autor do projeto. “Eu tenho como bandeira o emprego, mas fiquei muito feliz por apresentar este projeto. Que seja um mês no qual a gente possa fazer uma série de atividades de conscientização. Já tivemos casos inclusive de suicídio, de atentados. Ninguém merece ser traumatizado pelo bullying – nem criança, nem jovem, nem adulto”, afirmou Paulo Soares.

comentários