Câmara aprova doação de terreno para expansão de hemodiálise do HNSD

Os vereadores aprovaram por unanimidade na tarde dessa terça-feira (17), o projeto de lei que doa ao Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) um terreno de 12.452m² para a instituição promover a expansão dos serviços de hemodiálise. Com isso, o HNSD vai aumentar o número de pacientes atendidos dos atuais 223 para 450. O investimento total, que será feito por meio de programas federais, custará R$ 10 milhões, o que inclui a construção do prédio e a compra dos novos equipamentos.

O diretor administrativo do HNSD, Alexandre José Coelho, participou da reunião da Câmara Municipal, acompanhado de alguns colaboradores da instituição. Segundo ele, a doação do terreno é um dos pré requisitos para que o hospital alcance os valores que garantirão a expansão do serviço.

“A taxa de mortalidade [de pacientes de diálise] é de 2,5% e a Organização Mundial de Saúde [OMS] preconiza até 10%. Ou seja, a gente está admitindo novos pacientes e eles estão tendo uma possibilidade de sobrevida de até 15 anos. Então, essa aprovação do terreno irá garantir a possibilidade de dobrarmos a nossa capacidade de atendimento”, comemorou o diretor administrativo.

 A aprovação do projeto foi defendida por todos os vereadores. Segundo o líder do governo na Câmara Municipal, Neidson Dias Freitas (PP), a credibilidade do HNSD e de sua administração foi o que garantiu a doação do terreno. Em um discurso voltado para os colaboradores, o vereador enalteceu o trabalho desenvolvido pela instituição.

“Nós estamos doando o terreno, mas vocês já estão lá há muito tempo, doando o carinho e a energia em fazer um trabalho sério e, por isso que nem a Prefeitura nem a Câmara tem dificuldade alguma de fazer este aporte para vocês, que será revertido em bem estar para a população itabirana. Já é público e notório o trabalho do hospital para toda a comunidade itabirana”, reconheceu o vereador.

comentários