Cerca de 250 pessoas participam de simulado de incêndio no HNSD

Aconteceu na manhã de quarta-feira (20), no Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), um simulado de incêndio com objetivo de treinar os colaboradores da instituição para evacuarem o local em uma situação real de perigo. A ação foi coordenada pelo pelotão do Corpo de Bombeiros de Itabira e comandada pelo tenente Marlon Pinho Medeiros de Aguiar. 

Ao todo, cerca de 250 funcionários passaram pelo treinamento, que contou com pessoas simulando feridos e enfermos para dar mais realidade à evacuação. Os pacientes internados não participaram da ação.  Durante o tempo de simulado não houve paralisação dos atendimentos no HNSD, que aconteceram normalmente. 

Segundo o comandante da operação, a evacuação dos que puderam se movimentar livremente ocorreu em 5 min, já o das pessoas que se passaram por pacientes ocorreu em 10 min. Tempo considerado “excelente” pelo Corpo de Bombeiros. 

De acordo com o tenente Marlon Medeiros “é importante que se crie dentro do ambiente de trabalho uma cultura de prevenção”.  Após a realização do treinamento, o comandante da operação avaliou de forma positiva os trabalhos realizados e ressaltou a importância de todos os colaboradores terem conhecimento das principais rotas de fuga para que em um caso real todos saibam os procedimentos mais seguros.

“O simulado foi um sucesso graças ao empenho de todos e houve poucas falhas de execução. Algumas pessoas não saíram com a silhueta tão baixa, o que num caso de fumaça no ambiente pode ser intoxicante. Também tivemos alguns problemas para descer as rampas de uma das alas, mas todos os erros foram sanados. É por isso que fazemos o treinamento: simular uma situação real, indentificar as dificuldades e corrigi-las”, avaliou o tenente Marlon Medeiros. 

O provedor do HNSD, Vaquimar José Vaz, acompanhou de perto toda a simulação e elogiou a participação e o empenho de toda a equipe no treinamento. “Temos a necessidade de preservar a segurança de todos, do profissional, do paciente, do acompanhante… É importante que estejamos sempre na vanguarda para impedir qualquer acidente. E, para isso, estamos com todo o nosso projeto de incêndio e segurança aprovado, incluindo a simulação”, reforçou.

De acordo com o diretor executivo do HNSD, Alexandre José Coelho, o simulado seguiu todos os procedimentos legais e teve o apoio dos órgãos públicos competentes de fiscalização. O treinamento, ressaltou, vem de encontro com a política de segurança que está sendo aperfeiçoada dentro da instituição. 

“Nossa ideia com a realização do simulado é justamente encontrar os erros que devem ser corrigidos para evitar qualquer dano. Então foi um trabalho de parceria e sempre prezamos pela prevenção e boa atuação da equipe. Tivemos como vantagem colocar um grande número de colaboradores para terem conhecimento nesses procedimentos, que são o processo de evacuação e o treinamento dos nossos brigadistas”, declarou.

comentários