Conferência de Promoção da Igualdade Racial cumpre calendário nacional

norbertoQuem esteve no Plenário da Câmara Municipal no último dia 19 de julho, sexta-feira, durante a realização da III Conferência de Promoção da Igualdade Racial promovida pela Prefeitura Municipal de Itabira, pode ver e testemunhar uma platéia concentrada e envolvida na discussão sobre as diversas demandas políticas que têm impedido o avanço sociopolítico e econômico da comunidade afrodescendente no município de Itabira.

Da entrada de acesso ao Plenário quem chegou viu logo de iinício, a beleza do público multicolorido e multifacetado que acolheu ao chamamento da Conferência. Um fórum singular que tratou das discussões, com vistas às abordagens das demandas das comunidades quilombolas presentes ao evento entre outros participantes.

O público, um misto de negros com outras etnias, misturou-se ao olhar dos organizadores, cada um trazendo uma interrogação sobre aquele momento impar na vida de todos os presentes, acerca do que ali iria acontecer. Como foi bom esse encontro de todas as idades e cores. E se foi bom ver esse pessoal que saiu dos glutões para, pela primeira vez, reivindicar direitos e benefícios, aumentou a visibilidade paras outras pessoas e ganhou amplitude quando se tratou da importância da família na educação e conservação da família, como um bem precioso à vida. Se foi bonito perceber a beleza exposta do público naquele espaço de poder amplo e visível, maior foi a resposta que dali se extraiu, onde 10 propostas de grande alcance político serão encaminhadas para os fóruns subseqüentes. Outras ficaram para outra ocasião para serem aprovadas implementadas no exercício político de outros fóruns, em favor da população, e, em especial, da comunidade negra.

Seção de Promoção da Igualdade Racial

A invisibilidade do povo negro foi questionada e reivindicada dos poderes públicos constituídos para que a Seção De Promoção da Igualdade Racial seja reativada para que a mesma possa contribuir na idealização, planejamento, sistematização e execução de projetos que se transformem em políticas públicas com o objetivo de proporcionar uma melhor qualidade de vida da população, sobretudo da afrodescendente, cujo percentual populacional extrapola os 50% comprovadamente pelo Instituto Brasileiro Geográfico de Estatísticas – IBGE e que precisa ter políticas específicas para a melhoria do povo afrodescendente.

Pois é, tivemos um grande evento nesse dia de exercício pleno de democracia e cidadania do povo brasileiro que encantou a todos e, de quebra, os envolvidos nesse fazer. Esperamos que no dia a dia o calor que inflamou as discussões, ganhe as ruas e que, a partir delas, possamos  construir uma Itabira melhor.

Parabéns a Prefeitura Municipal de Itabira e itabiranos que compreenderam o apelo da comunidade negra ao realizar esse fórum de grande profundidade e extensão para o povo negro.

 Por José Norberto

 

comentários