Cruzeiro empata e perde a hegemonia na tabela.

Por José Norberto 

Ricardo-Goulart-Caldense-Cruzeiro-LANCEPress_LANIMA20140201_0188_47Não valorizar as primeiras competições, mais tarde vai lamentar. Empatar com a Caldense sem gols remete-nos o quão bem faz ao município , quando um time do interior visita uma cidade para disputar uma partida do campeonato mineiro. Haja vista, que as partidas em que o Valério disputou com times da capital, não me lembro de nenhum histórico em que a nossa torcida não correspondesse à altura. 

Lotávamos o Israel Pinheiro e fazíamos jus a disputas que sempre eram motivos de muitas expectativas de bons resultados no enfrentamento contra Cruzeiro e Atlético .
Arrancar um resultado satisfatório não era uma missão muito fácil. Poucas foram as vezes em que Cruzeiro ou Atlético obtiveram placares elásticos em Itabira. Recordei dessa passagem para refletir a partida de ontem entre a Caldense e o Cruzeiro, que empataram sem mexer no placar. Segundo comentários, a pior partida da era do Marcelo. Sem falar que público não compareceu, pois não foi possível divulgar a renda para decepção da história de nosso campeonato. 

Resumindo, estou a lamentar a ausência do Valério no campeonato mineiro. Em tempo: Estive ontem na praça de esporte de nosso glorioso dragão. Piscina limpa, tratada com zelo e bem cuidada. Protegida por seguranças e guarda-vidas com profissionais pertencentes à corporação do Corpo de Bombeiros, dá indicadores de que a diretoria está investindo como se deve para resgatar antigos e novos torcedores.Deu gosto de ver. Tal zelo estimula a incentivar a população a frequentar o clube em tempos de calor acima dos termômetros neste verão. 

Afora a piscina, o clube oferece o serviço de sauna, diversas quadras para a prática de esporte especializado, um salão para danças e eventos… e muito mais opções de lazer, como também a escolinha que está aberta ao público, contribuindo na formação do público infanto-juvenil, inscritos nas categorias ofertadas.

Enfim… boas noticias começam a povoar o universo da toca do dragão. A possibilidade de o sindicato dos servidores públicos se tornar parceiro do clube, abre portas, sendo uma possibilidade aguardada com muita ansiedade por nós que torcemos pela reintegração do clube às grandes modalidades esportivas.

Outra proposta interessante que também tem despertado a atenção do público é a possibilidade de se criar um Ponto de Cultura envolvendo o poeta Carlos Drummond de Andrade e o Valério, formatando propostas que possam conciliar a cultura com o esporte, de modo a ampliar o universo de opções para quem se dispuser a voltar a frequentar o clube, além melhor o leque de atividades no cardápio do clube.

A divulgação do Vale Cultura como um instrumento de valor e fomento, estimula a população a consumir produtos de cultura, que irá contribuir, em muito, para o fortalecimento da proposta, além de incentivar a população a voltar a frequentar o clube, que está de braços abertos para receber o público itabirano. Novos horizontes, novas perspectivas. 

Vamos lá, dragão! Uma nova possibilidade real está a acontecer para mudar o cenário esportivo e no campo do entretenimento.

comentários