Impacto Urbano

Por Mauro Andrade Moura

Neste a no de 2015 o Festival de Inverno de Itabira completou sua 41ª edição, sendo juntamente com o de Ouro Preto o mais antigo, este em tempo de realização e aquele em continuidade. Nestas edições aconteceram várias apresentações de grupos estrangeiros, levando à toda região programação diversificada em vários temas, a acariciar todos os gosto.

Com estes festivais, iniciou-se diversos outros, bem como a continuidade de programação artística na cidade e região de Itabira, considerando a dificuldade de manter o público sempre aceso  em cidade de menor porte populacional.

Após o advento do Festival de Inverno, abriu-se a programação musical da exposição agropecuária que sempre leva um grande público a participar dos grandes concertos que são levados àquele espaço anualmente.

Neste passo foram realizados também vários festivais da canção, no intuito de sempre apresentar novos músicos da cidade que buscam seu espaço na mídia e realização cultural, franqueando o acesso a todos que buscam na música o seu modus vivendi.

Hoje, a exemplo de Itabira, foram criados os festivais de inverno de São Domingos do Prata, Itambé do Mato Dentro, Serra do Cipó, São Gonçalo do Rio Abaixo, dentre os vários outros a citar que mesmo sendo de menor porte têm sua relevância no contexto regional, haja visto que são vários outros palcos que os músicos passaram a ter oportunidade de participação.

Além destes, tivemos em Itabira duas edições do Rock UAI e uma em Ipatinga, festival de música popular condensado em quatro dias, sempre com grandes apresentações de bandas do rock nacional tão em voga nas décadas de 1980/90, sem contar a efetiva participação da plateia, nomeadamente de jovens adeptos ao rock e de todo o Brasil.

Anualmente, no período da seca e em sextas-feiras com noite de lua cheia, o Distrito de Ipoema recebe os violeiros com suas modinhas tradicionais caipiras dando luz à Roda de Viola, levando assim música diversificada a todos.

Fica difícil nomear todos os artistas que passaram naqueles palcos, nas várias praças, o certo é toda a diversidade, a constância sempre posta, a participação e regozijo do público, que pela dimensão das programações não é somente da cidade, encontrando-se nestes dias gente de várias outras cidades e estados.

comentários