Mãe e duas filhas são encontradas mortas dentro de casa

20160103161208174190o
(foto: Beto Novaes/EM/D.A PRESS )

Um crime misterioso assustou os moradores da Rua Arcádia, no Bairro Glória, Região Noroeste de Belo Horizonte. Uma idosa de 74 anos e duas filhas gêmeas, 44, moradoras da casa, foram mortas e encontradas neste domingo já em estado de decomposição. Quatro cachorros também estavam também mortos, todos baleados. Como não ouviram barulhos de arma, os vizinhos acreditam que os disparos tenham sido simultâneos à queima de fogos da virada do ano.

Informações preliminares da Polícia Militar indicavam que o duplo homicídio seguido de suicídio teria ocorrido na sexta-feira. As vítimas foram atingidas por projéteis de arma de fogo. A princípio, Eliane Salém de Oliveira, uma das filhas, teria matado a mãe, Naila Catalina Antoniazzi Salém de Oliveira, e a irmã, Aline Salém de Oliveira, antes de tirar a própria vida. Essa hipótese, contudo, ainda depende de confirmação da perícia, que trabalhava no local no começo da tarde.

Um terceiro filho de Dona Naila e irmão das gêmeas conversou com a família em 31 de dezembro, pela última vez. Como desde então os telefones delas não atendiam, ele foi hoje até o local. O forte odor podia ser sentido nas imediações e ele conseguiu ver, por cima do muro, o corpo da mãe. Os vizinhos acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e quando a casa foi arrombada, a cena foi revelada: estavam as mulheres e os cães (três poodles e um labrador) mortos.

Sob o colo de Eliane havia um revólver calibre .38, com três cartuchos não deflagrados. Outros 10 cartuchos deflagrados foram encontrados no local. De acordo com os vizinhos, as mulheres sofriam de depressão e faziam uso de remédios controlados.  A ocorrência será apurada na Delegacia Regional Noroeste.

comentários