Mais uma pessoa morre com suspeita de síndrome nefroneural

Um homem morreu na manhã desta quinta-feira com suspeita de síndrome nefroneural. A vítima estava internada no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte. Este é o terceiro óbito associado à condição clínica, que pode estar relacionada à cerveja Belorizontina, da Backer.

Nessa quarta-feira (5), Antônio Marcio Quintão de Freitas, de 68 anos, que também estava internado no Mater Dei, morreu. Em 7 de janeiro, o bancário Paschoal Demartini Filho, de 55 anos, que é natural de Ubá, morreu na Santa Casa de Misericórdia, em Juiz de Fora.

A Polícia Civil foi notificada de 18 casos da síndrome nefroneural por contaminação com o dietilenoglicol, sendo que 14 estão em investigação e quatro foram confirmados.

Matéria em atualização via Itatiaia

comentários