Microsoft vai começar a forçar as atualizações do Windows 10

A empresa vai usar um recurso de Machine Learning para obrigar os usuários a atualizarem seu sistema se a versão atual estiver perto de expirar

Embora a Microsoft, com a chegada da atualização de maio de 2019, tenha flexibilizado as regras para que o usuário decida quando baixar e instalar as novas versões, isso não significa que você pode atrasá-las indefinidamente.

Na verdade, a empresa já havia explicado que iria forçar a atualização do Windows 10 para novas versões quando as anteriores estivessem chegando ao fim de seu suporte, e é exatamente o que acontecerá no final deste mês com os usuários do sistema.

Nas informações sobre a atualização da versão 1803 do sistema, eles deixaram claro que o suporte será encerrado em breve. Antes do final do suporte, em 12 de novembro deste ano, os computadores começarão a ser atualizados. Os updates automáticos estão marcados para começar no final de junho, e servem para “garantir que os dispositivos sejam mantidos em um estado seguro”.

Esta atualização será gerenciada por um sistema de aprendizado automático (Machine Learning) que a Microsoft está começando a testar, para que ele esteja pronto para iniciar o processo de atualização de dispositivos que não estão de acordo às recomendações da empresa.

O que ainda não sabemos sobre esse processo é para qual versão do Windows 10 os dispositivos serão atualizados. Mas muitos acreditam que seja para a versão 1903, próximo grande update do sistema.

É importante ter em mente que, mesmo que você tenha usado as opções de adiamento de atualizações, se a sua versão de sistema estiver próxima ao fim do suporte, suas escolhas serão ignoradas e o Windows será atualizado mesmo assim.

Neste momento, o ideal é verificar se você será afetado pela atualização obrigatória para que ela não o pegue de surpresa. Atualmente, a Microsoft recomenda a atualização constante do sistema para estar sempre protegido.

Via: Genbeta

comentários