Prefeito é hostilizado durante inauguração de UPA

O prefeito de São Sebastião do Paraíso, Rêmolo Aloíse (PMDB), foi hostilizado durante a inauguração de uma unidade de pronto atendimento (UPA) na noite desta sexta-feira (1º). Conforme o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, ele e o vice-prefeito Daniel Mendonça, que é filho de Rêmolo Aloíse, saíam da unidade quando um grupo de manifestantes se aproximou. Eles foram vaiados e após o prefeito acenar para a multidão, uma mulher tentou agredí-lo.

Prefeito de São Sebastião do Paraíso, Rêmolo Aloíse (PMDB,  sofre tentativa de agressão
Prefeito de São Sebastião do Paraíso, Rêmolo Aloíse (PMDB, sofre tentativa de agressão

Neste momento, ainda conforme o boletim de ocorrência, a mulher foi impedida de praticar a agressão pelo filho do prefeito e segundo testemunhas, ela caiu no chão. Logo em seguida, a comitiva do prefeito entrou em um carro e saiu do local.

Após o fato, a mulher que tentou agredir o prefeito procurou a polícia dizendo que havia sofrido um ferimento no olho durante a confusão. Ela foi atendida e depois liberada. Vera Lúcia Maria de Meireles, de 44 anos, registrou um boletim de ocorrência alegando que foi agredida pelo filho do prefeito.

Para a polícia, o prefeito Rêmolo Aloíse, negou que o filho tenha agredido a mulher e disse que foi ela quem teria partido para cima deles. Ele ainda alegou que chegou a ser agredido com um soco, mas não apresentou testemunhas. Por meio de uma nota, o prefeito lamentou a agressão durante a inauguração da UPA.

comentários