Prefeitura de Itabira mantém equipes de prontidão para prevenir e atender ocorrências

O prefeito Ronaldo Magalhães manifestou solidariedade às famílias itabiranas prejudicadas pela chuva intensa dos últimos dias e estendeu o sentimento aos municípios vizinhos castigados pelo mau tempo. O gestor ressaltou que a Prefeitura de Itabira continua a atuar na prevenção de danos e agora intensifica os trabalhos de limpeza e recuperação das áreas atingidas na cidade.

“Famílias itabiranas tiveram que sair de suas casas por segurança, mas estão bem assistidas. Tivemos episódios de deslizamentos de terra, alagamentos e quedas de árvores, porém ninguém se feriu, o que é mais importante. Também externo meus sinceros sentimentos pela situação ocorrida nos municípios vizinhos e nos colocamos à disposição para auxiliarmos no que for possível”, disse.

Ronaldo Magalhães relembrou obras realizadas durante seu primeiro mandato como prefeito, a exemplo dos canais dos bairros Gabiroba e Praia, e ações desta gestão, como a construção da avenida Machado de Assis, feitos que permitem a Itabira dar vazão e escoamento da água durante o período chuvoso.

“Além disso, por meio do Programa Cidade Limpa realizamos ações preventivas no decorrer de todo o ano: limpeza de córregos – no último ano houve ampla limpeza no bairro Penha, Chacrinha, Gabiroba e Juca Batista -; limpeza de bocas de lobo e retirada contínua de entulhos pela cidade”, enumerou o chefe do executivo. O programa citado pelo prefeito também intensificou podas e cortes de árvores sob risco de queda.

Balanço

Entre quinta-feira (23) e domingo (26) o acumulado de chuva em Itabira atingiu 172,2 milímetros. O dado é do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a partir de seis estações pluviométricas instaladas na cidade.

Ainda na quinta-feira, a Prefeitura de Itabira reuniu uma força-tarefa para reforçar o monitoramento de pontos críticos e agir diante da previsão de mau tempo. Compõem o grupo seções diversas da Administração Municipal, autarquias, Vale, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. Face à instabilidade climática, o grupo de trabalho permanece instituído.

No fim de semana, a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec) registrou 73 ocorrências, das quais: 55 deslizamentos de terra; sete pontos de alagamentos; seis trechos onde o asfalto cedeu; e cinco quedas de árvores na pista. Ninguém se feriu.

Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), 10 famílias foram retiradas de suas casas em áreas onde ocorreram deslizamentos ou foram avaliadas sob risco. Destas famílias, três permaneciam nesta segunda-feira (27) abrigadas temporariamente na Escola Municipal Ester Pereira Guerra, no bairro Gabiroba, com infraestrutura provisionada pela pasta.

comentários