Prefeitura revitaliza sinalização de trânsito em vários pontos da cidade

Visando mais segurança à circulação de motoristas e pedestres, desde julho a Prefeitura, por meio da Superintendência de Transportes e Trânsito (Transita), está revitalizando as sinalizações vertical e horizontal da cidade.

O trabalho começou pela região central – e seguirá para os bairros – em faixas de pedestre, redutores de velocidade, parada obrigatória, área escolar, marca de canalização, área de conflito e baias de ponto de embarque e desembarque de passageiros. “Nós priorizamos os locais com maior intensidade de tráfego, principalmente nas portas das escolas”, ressaltou Willame Aguiar, superintendente da Transita.

Recuperar a sinalização é um trabalho contínuo, custeado com recurso originado das multas e estacionamento rotativo. Os condutores que não respeitam esses sinais estão sujeitos às penalidades do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “Por exemplo, se a pessoa estacionar em cima da faixa de pedestre, a infração é grave: são cinco pontos na carteira e um valor de R$195,23. O motorista que não dá preferência ao pedestre fazendo a travessia, já é uma infração gravíssima com sete pontos e R$293,43 de multa. Mas, são várias outras infrações com pontuação e valores diversos”, destacou o superintendente.

comentários