Restaurando ecossistemas e culturas

Nivaldo Ferreira dos Santos*

No dia 2 de junho de 2019 foi realizada mais uma reunião ordinária mensal da Interassociação dos Amigos dos Bairros de Itabira com os representantes das associações de moradores, conselhos municipais e outras entidades da comunidade. E o principal destaque foi a participação de Phernando Mateus Bernardino Mendes, aluno da Universidade do Estado de Minas Gerias – UEMG, que apresentou o projeto “Restaurando ecossistemas e culturas urbanas para acertar o passo da cidade com a sustentabilidade”, cujo objetivo é contribuir para uma cidade mais saudável e sustentável, em especial para reduzir os conflitos e infrações em áreas de compensação e restauração ambiental.

Para atingir esse objetivo, estão sendo executadas as seguintes atividades:

* Mapear áreas de compensação ambiental no município e identificar quais possuem maiores índices de conflito com as comunidades vizinhas – para isso, está sendo realizado junto à Secretaria Municipal de Meio Ambiente um levantamento das áreas de loteamento licenciadas nos últimos anos em Itabira;

* Capacitar líderes comunitários e de associações de bairros, envolvendo-os no desafio de melhores condições ecológicas urbanas – esta parte do trabalho foi iniciada na reunião da Interassociação e terá sequência com ações a serem desenvolvidas com associações de moradores e outras entidades que atuam nos bairros próximos a essas áreas;

* Fomentar o comprometimento e envolvimento da população por uma cidade mais verde, saudável e sustentável – para isso serão realizadas visitas, reuniões, palestras e atividades de Educação Ambiental junto à população de cada local.

Phernando comentou que o projeto, que conta com participação de alunos e professores da unidade da UEMG de João Monlevade, foi elaborado por ele com orientação do professor Alexandre Túlio Amaral Nascimento e aprovado em um processo de seleção de projetos realizada pela UEMG entre todas as suas unidades. Ele informou também que nas áreas que necessitam de compensação e restauração ambiental dentro do perímetro urbano de Itabira têm ocorrido vários tipos de problemas ambientais, citando como exemplos: depósito inadequado e clandestino de lixo doméstico, entulhos e resíduos em geral; queimadas; criação e soltura de animais de médio e grande porte; destruição de nascentes; e destruição de mudas plantadas pelas empresas loteadoras e/ou pela própria comunidade.

No Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, Phernando Mateus Bernardino Mendes, aluno da UEMG, também esteve presente e fez uma apresentação resumida do projeto “Restaurando ecossistemas e culturas urbanas para acertar o passo da cidade com a sustentabilidade” durante as atividades alusivas a essa data comemorativa realizadas pelo Clube de Mães do Bairro Santa Ruth, através do Projeto Pascrilu – as atividades de Educação Ambiental contaram com a participação das crianças e famílias do projeto, sendo apresentados pelas crianças e pela coordenadora do Projeto Pascrilu, Dona Geralda Figueiredo Soares, um pequeno número teatral, poesias e músicas ligadas a temas ambientais, como água e animais. Na ocasião, Phernando parabenizou a comunidade pela iniciativa e comentou que as atividades de Educação Ambiental realizadas nos últimos anos pela equipe do Projeto Pascrilu em conjunto com outras entidades parceiras e com a empresa Planejar Engenharia na área verde do loteamento “Pedras do Valle” e nas “Nascentes do Tibúrcio” também influenciaram e foram fonte de inspiração para a elaboração do projeto apresentado à Interassociação e às associações de moradores de Itabira. Após a visita ao projeto, ele esteve também na área próxima às “Nascentes do Tibúrcio” e no stand de vendas da Planejar Engenharia, onde conversou sobre o projeto com José Carlos Pinto Coelho, um dos responsáveis pelo loteamento “Pedras do Valle”.

TRABALHO RECONHECIDO

O engenheiro Dartison da Piedade Fonseca informou recentemente que o projeto de abastecimento de água organizado e executado na comunidade rural do Ribeirão São José de Cima foi destaque na revista do Rotary Internacional e está concorrendo a um prêmio do movimento rotariano. 

Dartison destacou que o projeto foi viabilizado por meio de uma grande parceria entre o Rotary Club Itabira-Cauê, a Interassociação dos Amigos dos Bairros de Itabira, a Associação de Moradores do Ribeirão São José de Cima, a cooperativa de crédito SICOOB, a Cenibra e outros parceiros.

Deixo aqui os parabéns a todos os envolvidos e um desejo: “que outras iniciativas semelhantes sejam viabilizadas por meio dessas organizações e que mais pessoas e organizações possam se agregar para ampliar ainda mais as parcerias”, como desejou o próprio Dartison em um comentário ao final de nossa conversa… Assim seja!

25º CONGRESSO DAS ASSOCIAÇÕES

Na manhã do último sábado do mês de julho de 2019 será realizado o XXV Congresso Municipal das Associações de Moradores de Itabira – trata-se de um encontro anual promovido pela Interassociação dos Amigos dos Bairros de Itabira desde 1995, no qual são discutidos os principais temas de interesse da comunidade.

Neste ano os temas em discussão serão a participação da comunidade, o exercício da cidadania, o funcionamento dos órgãos públicos, as políticas públicas e a organização das entidades comunitárias.

Para participar do XXV Congresso Municipal das Associações de Moradores de Itabira as entidades deverão indicar seus representantes por meio de ofício à Interassociação – para saber mais ligue para (31)3834-0874 ou compareça à sala 42 do Mercado Municipal “Caio Martins da Costa”, localizado à Avenida João Pinheiro, 535 – Centro – Itabira.

* Nivaldo Ferreira dos Santos é Mestre em Administração Pública, Professor, Líder Comunitário e Servidor Público

comentários