Samsung apresenta celular dobrável e família Galaxy S10

A Samsung apresentou nesta quarta-feira, 20, em evento realizado em San Francisco, o seu tão aguardado celular dobrável, chamado Galaxy Fold. O produto já vinha sendo prometido há vários anos e finalmente se concretizou em um aparelho que se desdobra para se tornar um tablet de 7,3 polegadas ou operar como um celular de 4,6 polegadas.

O aparelho segue uma ideia de design muito diferente do FlexPai, o aparelho chinês que ganhou fama por ser o primeiro a apresentar a novidade das telas dobráveis. O Galaxy Fold é capaz de se dobrar para dentro em vez de para fora a tela; além disso, ele se flexiona completamente até ficar totalmente plano, o que ainda não havia sido visto até então.

Quando desdobrado, a tela principal , de 7,3 polegadas, conta com uma resolução de 2152×1536, com um entalhe grande na parte superior direita. Quando dobrado, a telinha secundária de 4,6 polegadas tem uma resolução de apenas 1960×840. O aparelho conta com uma série de dobradiças para permitir que a tela se dobre e se transforme no modo tablet ou no modo celular.

Em relação a especificações internas, o Galaxy Fold contará com 512 GB de armazenamento interno com a tecnologia eUFS que permite altas velocidades de gravação e leitura, com um processador de 7 nanômetros (provavelmente o Snapdragon 855 ou o Exynos 9820) e 12 GB de memória RAM. O aparelho também conta com duas baterias diferentes que são separadas pela dobradiça, mas funcionam em conjunto.

Câmera é o que não falta no Fold. Na falta de uma câmera, a Samsung decidiu embutir SEIS sensores fotográficos no aparelho. Uma câmera externa de 10 megapixels com abertura f/2.2, com um outro setup triplo com uma lente ultra-wide de 16 megapixels, uma grande-angular de 12 megapixels com abertura ajustável f/1.5 ou f/2.4, enquanto há uma configuração de câmera de selfie dupla, com o sensor principal de 10 megapixels e abertura f/2.2 e uma câmera secundária RGB de 8 megapixels e abertura f/1.9 para profundidade.

comentários