São Gonçalo promove conscientização sobre violência contra idoso

A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo, por meio do Conselho Municipal do Idoso, do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), realizou na manhã de sexta-feira (15), um movimento de conscientização de violência contra o idoso, na Praça Central.

Atividades recreativas, aferição de pressão, medição de glicose, bate-papo sobre a violência envolvendo idosos orientou os participantes sobre o tema “Silêncio é cumplicidade, denunciar é cuidar”.

Por solicitação da Organização das Nações Unidas (ONU), a data de 15 de junho deve celebrar o dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. O município de São Gonçalo aderiu ao movimento e reserva a data em seu calendário municipal e promove ações de conscientização sobre a violência envolvendo pessoas da terceira idade.

Aos 82 anos de idade, Dárya Rodrigues dos Santos esbanja saúde e disposição. Ela participa de várias atividades ofertadas no município junto à Associação Bem Viver da Terceira Idade (Abeviti) e diz ter muita consciência sobre a importância da denúncia em caso de violência envolvendo idosos. “Faço ginástica, pintura, dança e isso está esticando minha vida. Penso que todos deveriam fazer o mesmo porque a vida é muito boa. Em caso de violência, todos devem denunciar”, alerta.

Opinião semelhante tem o idoso José Nonato da Cruz, 75 anos. Ele também leva uma vida ativa com atividades de ginástica, pintura e outras ações. Nonato observa que ocorrências de agressão a idosos são frequentes em todo o país. “Existe violência sim e é importante prevenir e conscientizar as pessoas sobre a eficácia da denúncia”.

comentários