Trabalho do HNSD é inspirado no amor de Jesus, diz bispo em missa dos 160 anos

 A missa celebrada ontem (11) em comemoração aos 160 anos do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD) emocionou os fiéis que compareceram à Catedral Nossa Senhora do Rosário. A celebração foi feita pelo bispo da Diocese Itabira-Coronel Fabriciano, Dom Marco Aurélio Gubiotti que em sua homilia destacou a passagem do bom samaritano para exemplificar o trabalho desenvolvido pela instituição centenária.

O bom samaritano é uma passagem do livro de Lucas, e indica uma parábola contada por Jesus para exemplificar que a compaixão deve ser praticada à todas as pessoas, sem distinção. Segundo o bispo, que também preside a Irmandade Nossa Senhora das Dores (INSS), instituição que administra o HNSD, a filantropia é a marca do hospital e o que norteia os seus trabalhos.

“O que nós fazemos é por amor é por desejo de ajudar todas as pessoas, mas a entidade fundadora do hospital é católica e temos como inspiração o amor de Jesus manifestado na história do bom samaritano, quando Jesus diz ao doutor da lei que não podemos perguntar quem é o nosso próximo, mas fazer como o bom samaritano, ou seja, se alguém se apresenta necessitado é a nossa missão e nossa alegria servir este irmão”, pregou o bispo.

A celebração na Catedral Nossa Senhora do Rosário contou também com a presença dos colaboradores do HNSD.

comentários