Unileste renova Selo de Responsabilidade Social

O reconhecimento pelas ações de desenvolvimento social no Vale do Aço foi concedido pela Associação Brasileira de Mantenedores do Ensino Superior (ABMES).

O Unileste foi reconhecido, mais uma vez, por suas ações extensionistas em prol do desenvolvimento social da Região Metropolitana do Vale do Aço. A certificação, que pode ser renovada anualmente, foi dada por meio da Associação Brasileira de Mantenedores do Ensino Superior (ABMES), que concedeu à instituição o selo de “Instituição Socialmente Responsável”. O selo identifica as instituições que, a partir da educação, geram oportunidades de desenvolvimento social para a população por meio da disseminação do conhecimento e do respeito aos valores culturais da comunidade.

O Centro Universitário mantém a Coordenação de Pesquisa, Iniciação Científica e Extensão, responsável por gerenciar todas as atividades extensionistas e de pesquisa do Centro Universitário. Por meio dela, cinco eixos principais estão ativos quanto à extensão: Ações Educativas em Saúde, Meio Ambiente e Conhecimento Sustentável; Atenção à Criança e Adolescentes; Cultura, Arte e Lazer; Unileste Cidadã e Universidade para a Terceira Idade, que somam cerca de 40 projetos ativos no ano de 2019. Dentro de cada um desses eixos, existem projetos em várias áreas do conhecimento que levam à população serviços e atividades que fomentam o desenvolvimento social a partir de práticas focadas na qualidade de vida das pessoas.

O Selo

Desenvolvido pela ABMES, o Selo de Responsabilidade Social (RS) tem a missão de mobilizar e sensibilizar as instituições de ensino a discutir ações extensionistas e sugerir atividades efetivas com foco no bem-estar social e desenvolvimento sustentável da comunidade na qual está inserida. O selo coroa ações sociais na área da educação, saúde, cultura, meio ambiente, dentre outros, desenvolvidos ao longo de todo o ano. O certificado tem validade de um ano: 2019-2020.

comentários