Xiaomi traz Mi 9 ao Brasil e mais quatro celulares; conheça os preços

Redmi 7, Redmi Note 7, Redmi Go, Mi 8 Lite e Mi 9 se juntam ao Pocophone F1 e o Redmi Note 6 Pro, que já haviam chegado ao Brasil

Aos poucos, a Xiaomi volta ao Brasil. Em parceria com a brasileira DL Eletrônicos, foram anunciados quatro novos aparelhos para o mercado nacional, além do Pocophone F1 e do Redmi Note 6 Pro, que já haviam sido lançados oficialmente no país em março deste ano.

Os novos modelos são o Redmi Go, o Redmi 7, o Redmi Note 7 e o Mi 8 Lite, que alcançam várias faixas do mercado de smartphones, desde os aparelhos de entrada quanto os intermediários-premium.

Reprodução

O destaque da noite é o Mi 9, que não havia aparecido no e-commerce antes do evento de lançamento, então sua apresentação foi uma quase-surpresa. Olhando para as especificações técnicas, o Xiaomi Mi 9 é um típico smartphone Premium. O aparelho é embalado pelo novo processador da Qualcomm, o Snapdragon 855, possui 6GB de memória RAM, e armazenamento interno de 64GB e 128GB. A bateria é de 3.300mAh.

A tela possui 6,39 polegadas, é AMOLED e Full HD+. A tecnologia do vidro é uma das mais resistentes do mercado, Gorilla Glass 6, usa entalhe em forma de gota e a fabricante incorporou o sensor de impressão digital ao display.

Em relação ao Mi 8, o novo smartphone topo de linha da Xiaomi possui um botão físico para ativação do Assistente de Voz (quem diria que a Samsung ia criar tendência?). O botão também pode ser usado como atalho para outros recursos do sistema.

Redmi Go

Reprodução

Começando pelo mais simples. O Redmi Go é o aparelho mais básico da família, usando o Android Go, uma versão do sistema operacional otimizada para celulares com até 1 GB de memória RAM.

O aparelho chega com o preço sugerido de R$ 700.

Redmi 7

Reprodução

O Redmi 7 ainda apresenta um processador Snapdragon 632, com oito núcleos de 1,8Ghz, e 3 GB de memória RAM. Câmera frontal de 8MP e duas câmeras na parte traseira com 12MP+2MP. E vem de fábrica com o Android 9 Pie.

A Xiaomi parece ter tornado padrão o lançamento de aparelhos com baterias potentes. A desse modelo não decepciona e apresenta 4.000mAh de capacidade. A má notícia é que ele não oferece carga rápida de 18W e nem o novo padrão de carregadores, o USB Type-C, ao invés disso, temos um carregador padrão, de 5V e 2A, e um conector microUSB.

Redmi Note 7

Reprodução

O Redmi Note 7 é mais poderoso do que o seu “irmão” Redmi 7. Ele é alimentado por um processador Snapdragon 660, mas não é a versão mais recente da série 600 da Qualcomm. E, como é de costume da linha Redmi, o tamanho da bateria é sempre um plus: são 4000mAh.

Para completar, sua tela de 6,3 polegadas conta com uma resolução Full HD+ com um entalhe em formato de gota para a lente frontal de câmera. A versão que chega ao Brasil tem 4 GB de memória RAM e 64 GB de armazenamento interno com o preço sugerido de R$ 2.100.

Mi 8 Lite

Reprodução

O aparelho conta com um processador Snapdragon 660, com 4 GB de memória RAM e armazenamento, com tela de 6,26 polegadas e resolução Full HD+. A configuração de câmera traseira é dupla, com um sensor principal de 12 megapixels e um secundário de 5 MP. Já o sensor frontal é de 24 megapixels.

O Mi 8 Lite também chega ao Brasil em uma única versão, com 64 GB de armazenamento interno. O aparelho tem o preço sugerido de R$ 2.700.

comentários