Iniciativas da Fundação Vale alcançaram 770 mil pessoas em 2019

Com investimento de R$ 50,9 milhões, ações beneficiaram 68 municípios no ano passado. Em 2020, mais de R$ 6 milhões estão sendo destinados a projetos de enfrentamento à pandemia de covid-19

As iniciativas da Fundação Vale chegaram a 68 municípios no ano passado, atingindo 770 mil pessoas. O investimento foi de R$ 50,9 milhões e os resultados dessa atuação podem ser conhecidos no Relatório de Atividades 2019, disponível aqui. No total, foram mais de 60 iniciativas nos campos da educação, promoção da saúde e geração de trabalho e renda.

Os projetos chegaram a cidades do Pará, Maranhão, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, muitas delas localizadas no interior dos estados. O programa Casa Saudável, por exemplo, que oferece educação voltada para o autocuidado em saúde e contribui para melhorar o acesso à água potável, foi desenvolvido em Arari, Alto Alegre do Pindaré, Anajatuba, Buriticupu e Itapecuru Mirim, no Maranhão, beneficiando 1,8 mil pessoas.

Maria do Espírito Santo é educadora social do programa Casa Saudável

Na frente de educação, foram mais de 390 ações em unidades educacionais, 940 participações de profissionais em formações e 77.200 estudantes beneficiados em iniciativas realizadas pela Fundação Vale em 21 municípios. Os projetos de geração de trabalho e renda alavancaram mais de mil negócios sociais e apoiaram cerca de 700 empreendedores. Também sob a gestão da Fundação Vale, cinco Estações Conhecimento atenderam mais de 4.500 pessoas enquanto os museus e centros culturais receberam mais de 500 mil visitações.

Além dos resultados, o Relatório de Atividades reúne relatos da experiência de professores, estudantes, empreendedores sociais e parceiros da Fundação Vale. São histórias de transformação nas vidas de pessoas que participam das iniciativas e representam o legado da Fundação nas comunidades onde atua.

Enfrentamento à pandemia e atuação territorial

A atuação articulada com os governos e o diálogo permanente com comunidades e parceiros permitiram, já em 2020, a injeção de R$ 6 milhões em projetos voltados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19. Um exemplo foi o redirecionamento e a ampliação do Ciclo Saúde, voltado para o fortalecimento da Atenção Básica. As ações nos 32 municípios onde o programa está presente estão voltadas para a pandemia: 280 unidades básicas de saúde estão recebendo apoio na área de gestão, sendo que 135 receberão também equipamentos e insumos com este foco. Em 2019, o Ciclo Saúde capacitou 1.670 profissionais e ampliou o serviço em 44 unidades básicas de saúde, atingindo 150 mil pessoas.

O ano de 2019 também foi marcado por mudanças internas na Fundação Vale. “Aprimoramos nossa forma de estar e atuar nos municípios, estabelecendo uma nova estrutura organizacional que possibilita uma articulação territorial ainda maior. Reorganizamos as Gerências de Território, que concentram a gestão dos projetos nos estados em que atuamos, nos eixos Norte e Sul. Criamos, também, a gerência de “Metodologias Sociais” para testar novas metodologias e avaliar resultados, explica Hugo Barreto, diretor-presidente da Fundação Vale e Diretor de Sustentabilidade e Investimento Social da Vale.

Sobre a Fundação Vale

Há 52 anos a Fundação Vale apoia e fortalece políticas públicas de educação e saúde, e fomenta negócios sociais nos territórios de atuação da Vale. A partir do diálogo e da imersão nos territórios, desenvolve e executa projetos sociais voluntários que visam à melhoria da qualidade de vida e fortalecem o acesso das comunidades aos seus direitos e serviços públicos essenciais.

Acesse o Relatório de Atividades da Fundação Vale completo.

comentários