PM vai fiscalizar uso obrigatório de máscaras em Minas Gerais, afirma Romeu Zema

Governador do Estado também confirma orientação dada a policiais de abordar as pessoas em casos de aglomeração

No dia em que Minas Gerais registra o recorde de mortes pelo novo coronavírus (Covid-19) em 24 horas, com 51 óbitos no total, o governador Romeu Zema (Novo) anunciou o endurecimento de algumas medidas com o objetivo de conter o avanço do vírus.

“Agora, a Polícia Militar irá fiscalizar o uso obrigatório da máscara em Minas. Determinei também que haja a orientação em casos de aglomeração nos 853 municípios mineiros”, escreveu Zema no Twitter nesta quarta-feira (24).

A PM vai fazer a fiscalização a partir desta quinta-feira (25), abordando as pessoas sem o equipamento de proteção, além de fazerem a abordagem daqueles que não estiverem respeitando o distanciamento social, provocando aglomerações.

As medidas do governo ocorrem no pior momento da pandemia em Minas Gerais, já que a taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado atingiram a marca de 90,7% nessa terça-feira (24). Ao todo, Minas tem 771 mortos pelo vírus, com 31.343 pessoas infectadas.

comentários